Micropuntura para Estrias


MICROPUNTURA PARA ESTRIAS

Como a Micropuntura age nas estrias.

A micropuntura é atualmente a última palavra para estrias, a luz no fim do túnel. Um método revolucionário, pena que ainda pouco conhecido até entre os dermatologistas.

Quando vc já tentou todos os tratamentos e percebeu que eram todos enganação, que nada adiantava para estrias, vale à pena dar uma chance para seu corpo e conhecer a micropuntura.

Ela trata melhor justamente das estrias brancas, aquelas antigas. Se forem estrias bem fininhas, com 4 sessões já se chega ao resultado esperado, mas se forem de médias à grossas, 8 sessões é o ideal.

Com o tratamento completo dessa técnica, é possível amenizar em até 90% as estrias, marcas de espinhas, e também as cicatrizes.

Pode-se dizer que as estrias também não deixam de ser um tipo de cicatriz.
Elas aparecem como resultado da ruptura das fibras do colágeno e elastina, estas que fazem a sustentação e elasticidade da nossa pele. Quando a pele é submetida a uma tensão muito grande, essas fibras não resistem e se arrebentam.

São vários os fatores que a provocam, como por exemplo: Hereditariedade, crescimento rápido e exagerado, musculação excessiva, efeito-sanfona (engorda – emagrece), gravidez, hormônios, cortisol (promotor do estresse), alterações do hipotálamo e diabetes (pois as células mudam e alteram também as fibras de sustentabilidade).
O tratamento para esses casos teoricamente é para ser definitivo para quem faz o tratamento completo de micropuntura, as estrias e cicatrizes não voltam ao aspecto anterior tratado. Elas vão ficando cada vez mais invisíveis a cada sessão.

A cor vai ficando próxima à da pele natural, as altas ou fundas vão se nivelando à mesma textura da pele e as largas vão afinando. É claro que como observado nas fotos, algumas peles respondem mais rápido e outras mais lentamente, mas na micropuntura já se consegue perceber resultado na primeira sessão por mínimo q seja, até nos piores casos.

No máximo o que pode acontecer de voltar após o tratamento completo de 8 sessões é ter q fazer mais uma no ano. Mas a maioria não precisa de mais nenhuma depois.

O custo  é muito barato, o método é o mais atual, mais rápido e satisfatório que os tratamentos de heccus, carbox ou carboxiterapia, peeling de cristal, peeling de cobre, ácido retinóico, vitamina C, galvanopuntura, infravermelho, luz pulsada, laser fracionado, radiofrequência, indermoterapia, intradermoterapia, subscisão (método cirúrgico), etc.

Obs.: camuflagem de estrias ou micropigmentação em estrias (introduzir pigmentos da cor aproximada da pele em estrias). Não recomendo essa técnica, pois com o passar dos anos a cor se altera e vai dar diferença da pele original. Quando for à praia também dará diferença. Devido a pele do corpo ser mais seca q a do rosto, o pigmento dura mais tempo no corpo e acaba envelhecendo, podendo chegar a um tom esverdeado.

Estrias verdes?! Nem pensar! Já em cicatrizes e vitiligo o pigmento não costuma esverdear, pois é uma pele q já perdeu por completo a melanina natural.